Garrada do vinho Borgonha 2017, Pinot Noir

Berthaut Gerbet

Borgonha 2017, Pinot Noir

R$920,00
R$736,00

Borgonha 2017, Pinot Noir

R$920,00 R$736,00

Fora de estoque - Join the waitlist to be emailed when this product becomes available

Assim como em 2014 os consumidores mais clássicos vão se apaixonar pelos vinhos da safra de 2017 por sua expressão de terroir, estilo clássico e um longo potencial de guarda.

Os brancos e tintos são mais polidos, frutados, mas, mesmo assim possui uma acidez deliciosa permitindo o consumo ainda jovem dos vinhos.

Para que possamos apresentar a vocês os maravilhosos vinhos desta safra nós preparamos esta caixa especial, com 3 garrafas cada de grandes produtores do nosso portfólio, e o melhor, com 20% de desconto!

Domaine Berthaut Gerbet Bourgogne Hautes Cotes de Nuits 2017

Feito a partir de vinhas adquiridas em 2013, que foram plantadas em 1970 por François Gerbet em Concoeur em uma área de 1,6 ha no platô acima de Nuits-St-Georges e Vosne-Romané em solo de argila rasa e calcário, o cultivo das vinhas segue as práticas da lutte raisonnée, sustentável, com uso de defensivos químicos apenas quando estritamente necessário.

Por ser um terroir localizado em altitude maior, a colheita das uvas nessa parcela normalmente é feita cerca de 15 dias após os demais vinhedos, são utilizadas uvas 100% desengaçadas, a fermentação é feita em cimento apenas com leveduras nativas e o vinho é envelhecido em foudres por 14 meses.

Sobre a safra 2017, Amelie Berthaut disse: “… essa safra foi muito mais tranquila após o que sofremos em 2016. Eu escolhi começar a colher a chardonnay no dia 2 de setembro e a pinot noir no dia 6. Pela primeira vez desde que comecei em 2013, tivemos uma colheita normal, pois a produção média foi de cerca de 41 hl / ha em todas as minhas denominações. Usei quantidades variadas de cachos inteiros e tentei vinificar suavemente. Os vinhos são equilibrados e devem ser agradáveis e jovens.”

Vinho com um nariz de aromas picantes de frutas vermelhas, mocha e cravo. Vinho de corpo médio, mas suculento e enérgico, com uma boa definição e notas florais e de especiarias. Tem taninos maduros e boa persistência, é muito fresco e ótimo para ser bebido jovem, além de bom potencial de guarda.

Domaine Duroche Bourgogne Rouge 2017

Este vinho é produzido de vinhas plantadas em 1969 e 1986 em dois belos vinhedos, Roncevie ao sul e Comble ao norte, localizados ao sul de Gevrey Chambertin em direção à Morey St-Denis. O cultivo dessas parcelas é semelhante à todas as outras parcelas da propriedade, com baixo rendimento e foco para produzir vinhos profundos e precisos.

Os vinhedos não são tratados com nenhum tipo de pesticida químico e todas as uvas são colhidas a mão. Fermentação ocorre com os tanques abertos e é então maturado em barricas de carvalho sendo 10%-30% novas.

A safra 2017 foi muito melhor do que a 2016 em suas condições climáticas para a Borgonha em geral e em especial para o Domaine Duroche. Apesar de uma tempestade de granizo em Brochon no começo de julho, o restante do verão foi calmo, seco e quente sem ser quente demais. Isso resultou em uma maturidade muito boa das uvas, e aumentando em cerca de 60% o volume da produção. Em relação aos vinhos, têm estilo clássico, são frescos e diretos, são acessíveis jovens, mas devem também envelhecer muito bem.

Tem um nariz fresco, bonito e bem arejado que combina notas de frutas vermelhas e terrosas, que se confirmam na boca com sabores suaves, redondos e deliciosos em uma trama bem feita. Tem taninos macios e um final de boca austero e com uma rusticidade singela, onde uma leve pitada de cerejas negras aparecem.

Domaine Hudelot Noellat Bourgogne Rouge 2017

Em seus 10ha de área, o Domaine Hudelot-Noëllat abrange 3 Grand Crus (Clos de Vougeot, Richebourg e Romanée-St-Vivant) e 4 Premier Crus, dentre eles Les Charmes em Chambolle-Musigny e Les Suchots em Vosne-Romanée.

As uvas Pinot Noir deste vinho, plantadas em solo argiloso-calcário, provêm de 18 parcelas distintas da propriedade, com diferentes exposições solares.

As uvas são colhidas e selecionadas à mão antes de serem desengaçadas. A fermentação ocorre com leveduras nativas e pigeages regulares.

Os vinhos estagiam por 16 meses em barris de carvalho com 2-8 anos de uso e não passam por clarificação nem filtração antes do engarrafamento.

Produção anual de 18.000 garrafas.

O neto de Alain Hudelot, Charles Van Canneyt, descreveu 2017 como “uma estação de cultivo direta que realmente não nos trouxe muito sofrimento.

Eu escolhi começar a colher no dia 7 de setembro e a fruta estava limpa e madura. Felizmente, os rendimentos foram muito melhores do que os que tivemos em 2016.

Os álcoois potenciais ficaram entre 12,5 e 13% e, portanto, houve muito pouca chaptalização.

Não usei cachos inteiros para nas vinificações, embora tenhamos feito tempo um pouco maior de maceração, entre 2 e 4 dias para obter um pouco mais de densidade, pois as extrações ocorreram mais lentamente do que o habitual”.

O nariz tem um lindo bouquet de cerejas e amoras, também bastante floral. Na boca tem corpo médio e boa complexidade, com sabores de groselhas e amoras vermelhas frescas e com uma boa pitada de especiarias, taninos finos e boa persistência.

 

 

Região

Borgonha

Safra

2017

Uva

Pinot Noir

R$920,00
R$736,00

Borgonha 2017, Pinot Noir

R$920,00 R$736,00

Fora de estoque - Join the waitlist to be emailed when this product becomes available

X
Tudo certo

Vinho Adicionado ao carrinho

Ver Carrinho
Continuar Comprando