Garrada do vinho Os 1er Crus de Chassagne Montrachet

Fontaine Gagnard

Os 1er Crus de Chassagne Montrachet

R$2.800,00
R$2.240,00


Na caixa especial, Os 1er Crus de Chassagne Montrachet, você terá a oportunidade de conhecer alguns 1er Crus de Chassagne Montrachet através das mãos da talentosa Celine Fontaine Gagnard do Domaine Fontaine Gagnard

Veja abaixo um pouco mais sobre o produtor e os vinhos que acompanham esta caixa em um total de 4 garrafas.

Domaine Fontaine Gagnard

Chassagne-Montrachet, no sul da Côte de Beaune, divide com Puligny-Montrachet os vinhedos que produzem aquele que leva o incontestável título de “príncipe dos vinhos brancos secos”, o divino Montrachet. De suas extensas encostas saem a mais alta expressão das duas cepas da Borgonha, Pinot Noir e Chardonnay, que aqui crescem lado a lado, tal é a complexidade dos solos da região.

Richard Fontaine fundou o domaine em 1985 junto com sua esposa, Laurence Gagnard, que vem de uma longa linhagem de produtores de vinho. A filha Celine está no controle do domaine junto com os pais desde 2007. Em seus 12ha de extensão, a maior parte dos vinhedos localizam-se em Chassagne-Montrachet, com alguns em Volnay e Pommard e a propriedade abrange 3 grand crus, dentre os quais Le Montrachet, e 14 premiers crus, dentre os quais La Romanée e Morgeot.

A viticultura segue as práticas sustentáveis da “lutte raisonnée”, com o uso de herbicidas apenas nos vinhedos mais problemáticos. As uvas tintas são colhidas primeiro e 100% desengaçadas, passando por uma suave extração antes de estagiarem por 12-18 meses em barricas, das quais 30% são novas.

As uvas brancas são fermentadas em barris com leveduras selvagens. Os vinhos descansam por um ano sobre as borras em barricas, das quais 30% são novas, até passarem pela fermentação malolática e são engarrafados após ligeira filtração.

Os vinhos do Domaine Fontaine-Gagnard são frescos e equilibrados na juventude, embora sua estrutura e complexidade faça com que envelheçam com muita elegância por longos anos.

Chassagne Montrachet 1er Cru Morgeot 2015

Morgeot é o maior dos vinhedos 1er Cru em Chassagne-Montrachet e está localizado no extremo sudoeste da vila, em encostas mais baixas. Em latim Morgeot significa fronteira, já que as vinhas se situam no limite do departamento administrativo da Côte-d’Or.

O solo é composto por uma mistura de argila e cascalho e estimula as vinhas a fincar profundamente suas raízes.

Durante a colheita na safra de 2015 as temperaturas estavam muito altas, porém a excelente qualidade das uvas fez com que o descarte fosse mínimo, mesmo assim havendo uma perda de 25% do volume colhido.

O Domaine Fontaine-Gagnard usa métodos de vinificação tradicionais. Fermentação com leveduras selvagens e estágio em barricas entre 12 e 18 meses para assim valorizar a tipicidade dos terroir. O uso de barris novos é 15%-20% para os Villages e 30%-40% para os 1er e Grand Crus.

Devido à excelente retenção de acidez em seu terroir, Celine Fontaine colhe as uvas um pouco depois dos outros produtores, produzindo assim vinhos opulentos e ricos.

Um dos mais atraentes Chassagne de Celine Fontaine, o Morgeot entra com um expressivo nariz de flores brancas, laranjas e frutas tropicais. Na boca, um delicioso equilíbrio e um vinho vibrante com final cítrico.

Rolha / TS: 0.5g/l / TA: 6.09 g/l / SO2: 83mg/l

Chassagne Montrachet 1er Cru Boudriotte 2015

La Boudriotte é um pequeno vinhedo 1er Cru de Chassagne-Montrachet e está localizado no território da Abadia de Morgeot a 230m de altitude em solo raso de calcário e argila. Suas vinhas foram plantadas entre 1945 e 1987.

Durante a colheita na safra de 2015 as temperaturas estavam muito altas, porém a excelente qualidade das uvas fez com que o descarte fosse mínimo, mesmo assim havendo uma perda de 25% do volume colhido.

O Domaine Fontaine-Gagnard usa métodos de vinificação tradicionais. Fermentação com leveduras selvagens e estágio em barricas entre 12 e 18 meses para assim valorizar a tipicidade dos terroir. O uso de barris novos é 15%-20% para os Villages e 30%-40% para os 1er e Grand Crus.

Este vinho passou por 12 meses em barricas, sendo 30% delas novas. Devido à excelente retenção de acidez em seu terroir, Celine Fontaine colhe as uvas um pouco depois dos outros produtores, produzindo assim vinhos opulentos e ricos.

O nariz apresenta notas de frutas brancas, delicioso floral característico e um toque de casca de laranja. Na boca, um vinho de uma textura impressionante e ainda muito austero, garantia de que este vinho se beneficiará de uns anos em adega.

Rolha / TS: 0.9g/l / TA: 6.01 g/l / SO2: 86 mg/l

Chassagne Montrachet 1er Cru La Maltroie 2015

La Maltroie é um vinhedo 1er Cru de Chassagne-Montrachet e está localizado no centro da comuna de Chassagne em uma altitude de 240m-255m. As vinhas estão localizadas logo acima da vinícola. Maltroie vem da palavra “marturetum” em latimo que leva a crer que esta parcela está situada sobre um antigo cemitério do século IV e seu solo é predominado por argila e pedras.

Durante a colheita na safra de 2015 as temperaturas estavam muito altas, porém a excelente qualidade das uvas fez com que o descarte fosse mínimo, mesmo assim havendo uma perda de 25% do volume colhido.

O Domaine Fontaine-Gagnard usa métodos de vinificação tradicionais. Fermentação com leveduras selvagens e estágio em barricas entre 12 e 18 meses para assim valorizar a tipicidade dos terroir. O uso de barris novos é 15%-20% para os Villages e 30%-40% para os 1er e Grand Crus. Devido à sua excelente retenção de acidez de seu terroir, Celine Fontaine colhe as uvas um pouco depois dos outros produtores, produzindo assim vinhos opulentos e ricos.

Um intenso nariz permeado por notas de peras maduras, chá branco, florais e nozes. Na boca, um vinho com toques cítricos, especiarias e uma acidez precisa.

Rolha / TS: 0.6g/l / TA: 6.18 g/l / SO2: 73mg/l

 

Chassagne Montrachet 1er Cru Grande Montagne 2015

La Grande Montagne é um vinhedo 1er cru plantado numa das partes mais íngremes no extremo sul de Chassagne-Montrachet. Com 300m de altitude é o ponto mais alto onde as encostas de calcário chegam, acima de La Romanée, Les Grandes Ruchottes e En Virondot.

Durante a colheita na safra de 2015 as temperaturas estavam muito altas, porém a excelente qualidade das uvas fez com que o descarte fosse mínimo, mesmo assim havendo uma perda de 25% do volume colhido.

O Domaine Fontaine-Gagnard usa métodos de vinificação tradicionais. Fermentação com leveduras selvagens e estágio em barricas entre 12 e 18 meses para assim valorizar a tipicidade dos terroir. O uso de barris novos é 15%-20% para os Villages e 30%-40% para os 1er e Grand Crus.

Devido à excelente retenção de acidez de seu terroir, Celine Fontaine colhe as uvas um pouco depois dos outros produtores, produzindo assim vinhos opulentos e ricos.

O nariz apresenta notas de frutas cítricas, maçã, minerais e um toque da madeira. Na boca um vinho com textura marcante, profundo com deliciosa acidez e um longo final.

Rolha / TS: 0.4g/l / TA: 6.09 g/l / SO2: 84 mg/l

 

Região

Borgonha

Safra

2015

Uva

Chardonnay

R$2.800,00
R$2.240,00