Berthaut Gerbet

Voltar

O Domaine Berthaut-Gerbet foi oficializado por Amélie Gerbet Berthaut em 2013, após ela ter herdado as propriedades de seu pai, Denis Berthaut, em Fixin e Gevrey-Chambertin, e as terras de sua mãe, Marie-Andrée Gerbet, em Vosne-Romanée, Flagey-Echezeaux e Clos de Vougeot.

Amélie é a sétima geração de uma família de vinicultores por parte de pai e estagiou em vinícolas na Califórnia e Nova Zelândia, antes de se formar em Enologia em 2011.

Desde que assumiu o domaine em 2013 aos 25 anos, vem comandando uma verdadeira revolução na produção dos vinhos, implementando o uso de mais engaços na vinificação e adquirindo barricas novas para substituir os grandes foudres.

Seu noivo, o talentoso e promissor Nicolas Faure, que também produz vinhos em sua pequena propriedade em Auxey-Duresse, atualmente é o responsável pela viticultura do domaine.

O cultivo das vinhas é feito de forma sustentável e quase 100% orgânica, com uso de defensivos químicos somente quando estritamente necessário no combate ao oídio e míldio.

Na vinificação, Amélie adota maceração a frio (10 graus), fermentação em tanques de concreto com leveduras selvagens, uso mínimo de sulfitos (30-50mg/l) e maturação dos vinhos por até 24 meses em barris, dos quais no máximo 30% são novos.

Nenhum dos vinhos passa por afinamento e apenas os que são engarrafados mais cedo, como o Bourgogne Rouge Les Prielles, passam por uma ligeira filtração.

Embora mantendo um estilo clássico e elegante na produção dos vinhos, depois que Amélie assumiu o controle total da propriedade, houve um notável aumento na qualidade dos vinhos, safra após safra, deste domaine que atualmente é uma das maiores promessas da Borgonha.

X
Tudo certo

Vinho Adicionado ao carrinho

Ver Carrinho
Continuar Comprando