Bernard Moreau

Voltar

A origem do Domaine Moreau data de 1809, quando Auguste Moreau estabeleceu uma adega de frente para os vinhedos de Les Champs Gains em Chassagne-Montrachet, onde cultivava Chardonnay e Pinot Noir ao longo da colina.

Nos anos 1930, houve grande expansão da propriedade, sob o comando de Marcel Moreau – cerca de 80% dos vinhedos atuais do domaine foram adquiridos por ele.

Com apenas 14 anos, Bernard Moreau começou a cuidar dos vinhedos e da adega no início dos anos 1960. Em 1977, já altamente conceituado e sob o comando de Bernard e a esposa, Françoise, o domaine passou a se chamar Domaine Bernard Moreau.

Além de mudanças nos equipamentos e nas técnicas usadas no cultivo e vinificação, novos vinhedos foram adicionados ao domaine, perfazendo 14ha e se estendendo pelas vilas de Chassagne-Montrachet, Volnay e St-Aubin.

Em seguida, os filhos Alex e Benoit juntaram-se aos pais no gerenciamento das operações de viticultura, vinificação e vendas, depois de terem trabalhado em vinícolas na Nova Zelândia, Austrália e África do Sul.

A primeira safra produzida por elas foi em 1995, e a partir de 1999, ambos assumiram o controle das operações. Atualmente, Benoit concentra-se mais no cultivo das vinhas, e Alex na vinificação.

Como na maioria dos grandes domaines da Borgonha, a ênfase recai sobre o terroir. Para manter o solo equilibrado, apenas fertilizantes orgânicos são usados, sem o uso de pesticidas. E a produtividade das vinhas é limitada, no intuito de se obter uvas mais concentradas.

Na vinificação, os vinhos amadurecem por 12-20 meses em barris, dos quais 10%-50% são novos, dependendo da categoria do vinho e da safra.

Com um estilo minimamente intervencionista na vinificação e produção anual de 8.000 caixas, ano após ano este conceituado domaine produz e engarrafa alguns dos mais puros e intrigantes vinhos da Côte de Beaune.

X
Tudo certo

Vinho Adicionado ao carrinho

Ver Carrinho
Continuar Comprando