Heitz Lochardet

Voltar

O Domaine Heitz-Lochardet pode parecer um novo nome na Borgonha, mas, na verdade, sua família já é proprietária de vinhas de Santenay a Clos Vougeot desde 1857.

Após a filoxera, Georges Lochardet decidiu vender muitas de suas propriedades, mas manteve a maioria das suas vinhas na Côte de Beaune por uma questão estratégica.

Até 2011 a família arrendava a maioria dos seus vinhedos para a Maison Joseph Drouhin, o que mudou quando Armand Heitz se formou em Enologia e decidiu começar a produzir vinhos. Não foi nada fácil exigir suas vinhas de volta.

Sua primeira safra foi em 2012, onde ele produziu um Bourgogne Chardonnay e um Bourgogne Pinot Noir, e desde então, ano a ano, vem conseguindo resgatar suas vinhas dos contratos de arrendamento e estabelecendo sua marca no mercado.

Em 2013 ele produziu cinco vinhos: Chevalier Montrachet Grand Cru, Chassagne Montrachet 1er Cru La Maltroye, Pommard 1er Cru Clos de Poutures, e os seus Bourgognes. Em 2014 se juntam ao seu portfólio Mersault 1er Cru Les Perrières, Pommard 1er Cru Les Rugiens, Meursault, e em 2015 Pommard 1er Cru Les Pezerolles e Volnay 1er Cru Les Taillepeds.

Atualmente o Domaine engloba o Heitz-Lochardet e também o Armand Heitz, que produz vinhos feitos com uvas compradas de terceiros.

Nenhum produto encontrado. Experimente realizar uma busca por um termo diferente



Você pode gostar desses produtos


Exibindo um único resultado

X
Tudo certo

Vinho Adicionado ao carrinho

Ver Carrinho
Continuar Comprando