Jean Marie Fourrier

Voltar

Jean-Marie Fourrier tomou as redeas do domaine em meados dos anos 90, sendo 1994 seu primeiro engarrafamento e hoje ele é ajudado por sua esposa, Vicki, na produção dos vinhos.
Antes de tomar a frente desta propriedade Jean-Marie trabalhou algum tempo com o lendário Henri Jayer em Vosne Romanee e esteve envolvido na produção da lendária safra de 1988 com Henri além de um tempo passado no Domaine Drouhin no Oregon.
A filosofia de Jean-Marie é muito seria quanto ao fato de ele dizer que 90% do trabalho é realizado nos vinhedos por isso hoje ele acredita que seu trabalho na adega é mínimo, tendo em vista que ele acredita ter encontrado o equilíbrio de seu ecosistema.
Seguindo preceitos como o desengace de 100% das suas frutas, colheitas somente pelas manhãs, macerção a frio natural, pigeage de 2 a 4 vezes por dia com as mãos e passagem por barris de carvalho entre 14-15 meses, Jean-Marie hoje produz um dos mais aclamados vinhos da Borgonha.
Durante todo o processo o vinho se move por gravidade até chegarem nos tanques de inox para a fermentação e as frutas que são desengaçadas perfeitamente garantem que a fermentação comece imediatamente dentro da uva, mais uma tecnica que ele traz de seu tempo com Jayer.
20% de madeira nova é usada na maturação dos vinhos e o sulfito em mínimas quantidades é adicionado em Dezembro e nunca no momento do engarrafamento.
O domaine possui 10ha de vinhas em Gevrey Chambertin e alguns pequenos pedaços em outras regiões.

Nenhum produto encontrado. Experimente realizar uma busca por um termo diferente



Você pode gostar desses produtos


X
Tudo certo

Vinho Adicionado ao carrinho

Ver Carrinho
Continuar Comprando